Quarta, 23 de Abril de 2014
Artigos

Países

Costa do Marfim CostaDoMarfim

Capital: Yamoussoukro (constitucional), Abidjan (sede do governo)

Língua Oficial: Francês

Governo: República

Presidente: Alassane Dramane Ouattara

Área: 322,4 mil km² km²

População: 21,9 milhões de habitantes habitantes

PIB: US$ 24,09 bilhões

Moeda: Franco CFA (XOF)

Clima: Tropical ao longo da costa; semiárido no extremo norte.


Ficha completa

Nome oficial: República Cote d’Ivoire.

Independência: 7 Agosto 1960 (da França)

Datas nacionais: 7 Agosto (Independência)

Área: 322,463 km²

Capital: Yamoussoukro (Yamoussoukro é a capital oficial desde 1983, Abidjan continua como centro comercial e administrativo; Brasil e outros países mantém embaixada em Abidjan).

Divisão política: 19 regiões (Agneby, Bafing, Bas-Sassandra, Denguele, Dix-Huit Montagnes, Fromager, Haut-Sassandra, Lacs, Lagunes, Marahoue, Moyen-Cavally, Moyen-Comoe, N’zi-Comoe, Savanes, Sud-Bandama, Sud-Comoe, Vallee du Bandama, Worodougou, Zanzan).

População: 22 milhões

Composição: Akan (42.1%), Voltaiques or Gur (17.6%), Mandes do norte (16.5%), Krous (11%), Mandes do sul (10%), outros.

Taxa de crescimento populacional:  2% a.a.

População urbana: 51% da população total.

Línguas: Francês (oficial), 60 dialetos nativos, dos quais Dioula é o mais falado.

Fronteiras: Burkina Faso (584 km), Gana (668 km), Guinea (610 km), Libéria (716 km), Mali (532 km). Litoral: 515 km.

Clima: Tropical ao longo da costa; semiárido no extremo norte.

Saúde. Expectativa de vida ao nascer: 57.25 anos.

Educação: taxa de alfabetização: 56.2%

Governo

Em dezembro de 1999, um golpe militar – o primeiro história em Costa do Marfim – derrubou o governo. Líder da junta militar Robert Guei realizou eleições no final de 2000 e declarou-se o vencedor. A reação popular o fez se afastar e levou Laurent Gbagbo no poder. Os militares tentaram um  golpe em setembro de 2002, que evoluiu para uma guerra civil. O cessar-fogo foi alcançado em 2003 deixou o país dividido: o governo, no sul, as forças de paz no meio, os rebeldes no norte. Em março de 2007, o Governo e as forças rebeldes, então sob Guillaume Soro, assinaram um acordo em que o último se juntou ao governo como primeiro-ministro. As eleições de 2010 foram vencidas por Alassane Dramane Ouattara, mas Gbagbo se recusou a entregar o poder. Em abril de 2011 Gbagbo foi retirado do cargo por partidários de Ouattara com a ajuda da Organização das Nações Unidas e de forças francesas.  Gbagbo está em Haia aguardando julgamento por crimes contra a humanidade.

Sistema de governo – República.

Executivo – Presidente (Alassane Dramane Ouattara) é o chefe de Estado e o primeiro-ministro (Daniel Kablan Duncan) é o chefe de governo. O primeiro-ministro é nomeado pelo presidente. O presidente é eleito por voto popular para mandato de cinco anos, sem limite de reeleição. Próximas eleições serão realizadas em 2015.

Legislativo –  Unicameral. Assembleia Nacional (225 assentos; membros eleitos por eleições únicas e multi-distritais com voto popular direto para um mandato de cinco anos). Próximas eleições serão realizadas em 2016.

Judiciário – Supremo Tribunal Federal é composto por quatro câmaras (para casos criminais, financeiros, administrativos e cíveis).

Principais partidos políticos – União Democrática do Cidadão (UDCY); Liberdade Democrática para a República (LIDER), Partido Democrático da Costa do d’Ivoire (PDCI), Liberdade e Democracia para a República (LIBRE), Frente Popular Marfinense (FPI); Partido do Trabalhador da Costa do Marfim (PIT), Movimento de Oposição do Futuro (MFA); Comício dos Republicanos (RDR), União para a Democracia e Paz na Costa do Marfim (UDPC).

Economia (2012)

PIB PPP (Paridade de Poder de Compra): US$ 39.6 bilhões.

PIB, nominal: US$ 24.3 bilhões.

PIB PPP per capita: US$ 1,700.

PIB, crescimento: 8.1%.

PIB, composição setorial: agricultura (29%), indústria (22%) e serviços (49%).

Inflação: 1.4%.

Setor primário: café, cacau, banana, sementes da palma, milho, arroz, mandioca, batata-doce, açúcar, algodão, borracha, madeira.

Indústria e serviços: alimentos, bebidas, produtos de madeira, refino de petróleo, mineração de ouro, caminhões e montagem de ônibus, têxteis, fertilizantes, materiais de construção, eletricidade.

Recursos naturais: petróleo, gás natural, diamantes, manganês, minério de ferro, cobalto, bauxita, cobre, ouro, níquel, tântalo, areia de sílica, argila, sementes de cacau, café, óleo de palma, energia hidrelétrica.

Comércio Externo (2012)

Exportações: US$ 11 bilhões.

Principais produtos de exportação: têxteis e roupas, bens semi-acabados, azeite de oliva, fosfatos, equipamentos mecânicos e elétricos.

Principais mercados: Países Baixos(11.3%), EUA (11.2%), Alemanha(7.2%), Nigéria (5.9%), Canadá (5.8%), França (5.8%), África do Sul (5.3%).

Importações: US$ 8.4 bilhões.

Principais produtos de importação: combustível, bens de capital, produtos alimentícios

Principais fornecedores: Nigéria (35.1%), França (10%), China (5.6%), Colômbia (4.8%).

Reservas cambiais: US$ 4.5 bilhões.

Perspectiva Econômica

Desempenho econômico recente na Costa do Marfim tem sido forte. A atividade econômica em 2012 se recuperou com mais força do que o previsto após a contração em 2011, com o PIB a aumentando em alguns 8.1% em 2012 com uma inflação modesta. A realização com êxito das reformas do setor de cacau vai contribuir para aumentar o poder de compra dos agricultores e reduzir a pobreza rural.

Apesar de seu potencial econômico, os anos de crise política, marcados por um conflito armado breve que dividiu o país em 2002, e a má governação tiveram um forte impacto sobre o país, transformando a nação Africano, outrora modelo, em um estado frágil em uma luta constante para um futuro melhor.

Depois de mais de dez anos de crise marcada por conflitos violentos, Costa do Marfim  é o arquétipo de país promissor cujo desenvolvimento foi comprometido por conflitos e insegurança. O conflito levou a atividade econômica a uma paralisação, prejudicando a entrega de serviços sociais básicos e danificando tecido social do país.

PUBLICIDADE

Notícias sobre Costa do Marfim